sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Espírito olímpico e carnavalesco: "Acende a chama e recebe as nações... Os jogos vão começar!"



Nesta sexta-feira (05/08), iniciam-se os primeiros Jogos Olímpicos realizados no Brasil. O Rio tem a honra de receber atletas do mundo todo para conhecer e admirar nossa cultura tão vasta, esta que inclui - VEM SOLANGE - o meu, o seu, o nosso Carnaval! 


A expectativa dos amantes da maior festa do mundo é gigante para saber onde irão se encaixar baterias, intérpretes, passistas e rainhas de bateria. A resposta está logo abaixo!

A prefeitura do Rio, na tentativa de mostrar ao mundo aquilo que o carioca tem de melhor, criou um espaço de congraçamento entre os povos. Agora conhecida como Boulevard Olímpico, a Zona Portuária, que abriga o Museu do Amanhã, será palco dos mais animados encontros desta fan fest. Da Praça Mauá até a Praça XV, o show fica a cargo de nossas amadas Escolas de Samba e blocos.

Os encontros ocorrerão de forma que as agremiações se misturem ao chegar no Palco Tendências, localizado na Praça XV. Desta maneira, elas farão uma festança digna de Carnaval. A expectativa é que os gringos gastem muita grana e os blocos e Escolas misturem sambas-enredo com famosas marchinhas, com originalidade e diversão. Vai ter MUUUUITO SAMBA e se reclamar a gente paga a condução pro Paulinho Direto ir fazer um showzinho por lá.

Confira abaixo as apresentações do "Encontro de Carnavais", que se iniciará diariamente às 15h, no Boulevard Olímpico:

Além disso, todas as doze Escolas do Especial e a rebaixada deste ano, Estácio de Sá, se apresentarão no Parque Olímpico. As apresentações serão para divulgar o Visit.Rio e segundo Antônio Pedro Figueira de Mello, secretário de Turismo da cidade, poderão acontecer também fora das Arenas, dependendo do contingente de público. 

O Carnaval também estará presente na Cerimônia de Abertura das Olimpíadas. Todas as Escolas de Samba do Especial tocarão juntas um samba especial composto para o evento. Além disso, passistas e casais de mestre-sala e porta-bandeira das doze escolas também participarão. É previsto que o samba seja 20% da cerimônia, que contará bastante sobre a sustentabilidade e sobre o povo carioca.

Na passarela do samba, os jogos já desfilaram sua história algumas vezes. A primeira vez em 1997, na Mangueira que cantou o "Olimpo é verde e rosa", quando o Rio ainda era candidata a sediar a festa, o samba dizia: "2004 é o sonho brasileiro".


Em 2007, a Portela falou dos jogos Pan-americanos que aconteciam naquele ano na Cidade Maravilhosa, mas colocou a competição americana no contexto das Olimpíadas, promovendo o encontro dos deuses gregos com os deuses portelenses. 


Já a União da Ilha abordou a competição esportiva em duas oportunidades nos últimos quatro anos, a primeira vez em 2012 quando desfilou com a história da Inglaterra que sediava os jogos naquele ano e agora em 2016, levando um enredo onde os deuses olímpicos se encantavam pela beleza carioca.


O Carnavalize espera que o samba assalte muitos corações durante os Jogos Olímpicos e que Rosa Magalhães abençoe todos os atletas. Viva o Carnaval!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário