terça-feira, 30 de agosto de 2016

Que enredo é esse? - Chega junto, Sampa! - Parte 1





Amados carnavalizadores ambulantes, cheguei nessa bagaça! O Carnavalize vem apresentando uma série de “análises” grandes analises carnavalescas sobre os enredos para 2017. O Grupo Especial e a Série A do Rio já deram as caras e agora chegou a hora do Grupo Especial paulistano encarnar Anitta e mandar um "vocês pensaram que eu não ia rebolar minha bunda hoje?", chegando com tudo para sua estreia em nosso site. Vem que hoje é dia de carnavanálise, bebê!




"Elba Ramalho canta em oração o folclore do Nordeste. Toque sanfoneiro: forró, frevo e xaxado..."
Tom Maior

A Tom Maior voltará à elite do carnaval paulistano no ano que vem depois de ser rebaixada quando mexeu com a adrenalina do povo de uma forma bem desagradável em 2015. Para ficar na casinha em que morava há um bom tempo antes de dar uma saída, Cláudio Cebola é o nome de quem assina o desfile. O Carnavalize torce para que não aconteça nenhum acidente - tipo um atropelamento por um carro alegórico e tals. Tâmo puxando um pai nosso aqui, Cebola! #SomosTodosCebola


Falando no enredo, Cebola acertou em cheio. Escolheu Elba Ramalho já que ele quase não gosta de homenagem  para cruzar o Anhembi como a grande estrela do enredo. A bossa do tema é que não vai ser algo biográfico, mas sim a maravilhosa Elba cantando o folclore nordestino, coisa que fez - e faz - durante toda sua carreira. Arrasou!





"A vitória vem da luta, a luta vem da força, e a força, da união"
Mocidade Alegre



Já a maior potência do carnaval paulistano CALMA TORCEDOR DO VAI-VAI na atualidade, a Mocidade Alegre, se f*deu no sorteio e amargou a segunda posição de desfile. Acho que cabe à Solandiva Bichara conversar com sua migs Angelina para pedir umas dicas de como ser vice ano que vem, pois é bem capaz que isso seja o máximo que a Morada consiga. AH, PERA! É a Mocidade, cara, dane-se a posição. Até porque Solanjão da massa foi buscar um reforço DAQUELES no Rio para substituir Sidnei França (pausa para o torcedor da Mocidade chorar). Trata-se de ninguém menos que Leandro muso Vieira, atual campeão do Grupo Especial carioca com a Mangueira, ou seja, é uma baita contratação. Aliás, a contratação é ainda mais competente quando ao invés de o deixar sozinho comandando o carnaval das duas escolas, Soberange o colocou numa comissão de carnaval cheia de gente já conhecida por bons trabalhos no carnaval de Sampa. Logo, o rapaz não ficará tão sobrecarregado. É difícil ganhar, mas nunca que podemos tirar a queridona da briga.

O enredo da escola fará uma homenagem a si mesma, que completará 50 anos em 2017. Mas confunde-se quem pensa que o enredo é sobre a história da escola. Não, não é. Deixa que titio Driguérrimo aqui explica. O enredo usa a famosa frase de Rainha Bichara para seu desenvolvimento e explicará que para chegar à vitória precisa-se de luta, para haver luta precisa-se de força e para a força existir é preciso união. Além disso, no final a Morada aproveita para falar de suas conquistas e mostrar para geral que sabe bem o que tem que fazer pra chegar à tal vitória. Baita enredo!


*Em tempo de olimpíadas/paraolimpíadas, fica registrada minha capacidade de misturar Solange Bichara + adjetivos várias vezes. Com certeza é um recorde.





"Aparecida - A Rainha do Brasil. 300 anos de amor e fé no coração do povo brasileiro"
Vila Maria



Depois de passar uma que já abriu várias vezes as perninhas portas de sua quadra para receber a taça, vem uma das virjonas de SP. E, mesmo não sendo a Mangueira, a Vila Maria vai na vibe "só com a ajuda do santo". #agoravai Da santa, na verdade, pois seu enredo é sobre Nossa Senhora Aparecida. Como disse antes, Sidnei França saiu da Mocidade e foi na Vila Maria que encontrou uma oportunidade de ganhar mais renovar-se. Ele disse pra gente em uma entrevista que tá sendo tranquilo trabalhar com uma figura muito sagrada da Igreja Católica, coisa que historicamente causa problemas no carnaval. Com certeza essa tranquilidade torna o enredo ainda mais forte. Enredaço! 









"Mãe África conta a sua história: do berço sagrado da humanidade à abençoada terra do grande Zimbábue"
Tatuapé


Saindo de uma virgem sessentona pra outra, a Tatuapé será a 4ª escola da sexta-feira de carnaval em São Paulo. 

Olha só, além de fazer humor à lá Praça É Nossa, a gente aqui do Carnavalize prega por muita sinceridade, e sendo sincero, é meio difícil entender até hoje o vice-campeonato da Tatu em 2016 - onde ela homenageou a Deusa da Passarela, Beija-Flor. Obviamente Neguitão sentiu o cheirinho de "crorofila" pelo ar...


Mas isso é com os jurados e a Tatuapé não tem nada a ver com o assunto. A escola vai até aproveitar o bom momento para vir repaginada em 2017: um novo carnavalesco e um enredo bem diferente do que vinha mostrando para nós nos últimos anos. Sim, Xuxa saiu da Tatu e foi pra record Imperador do Ipiranga. Desejamos #xuxessos para ele. A missão de substituí-lo é de Flávio Campello, que esteve na comissão de carnaval da Dragões nos últimos dois carnavais. E o enredo? Afro. Zimbábue foi a escolha da Tatuzona pra tentar continuar no topo. 

Pra não ficar naquele famigerado CEP, o carnavalesco optou por focar bastante no povo Banto, uma etnia africana. Concordamos que um afro bem feito é sempre perigoso para os adversários, não é? Pode dar trabalho sim, até porque...




"Com as mãos e a garra de um povo sonhador, surge o contraste de uma nova metrópole - Sampa, lugar de sonhos, oportunidades e esperança"
Gaviões da Fiel


Já a Gaviões sabe o que é ganhar, mas já tá quase esquecendo de como se consegue isso, já que seu último título foi em 2003. E pra tentar sentir esse gostinho de novo ela resolveu fazer uma receitinha saborosíssima. Confira:


Brincadeiras à parte, a Fiel trará os migrantes que ajudaram e ajudam a construir São Paulo e enxergam na cidade a chance de se dar bem na vida. O enredo será assinado por Zilkson Reis novamente e talvez seja o mais parecido com a escola dentre os últimos que ela apresentou. A gente só não sabe onde vão enfiar o Corinthians aí, mas sempre dão um jeito. Bacaninha!


"Eu sou a arte: Meu palco é a rua"
Tucuruvi


Após os gaviões passarem, a passarela receberá o gafanhoto verde da Cantareira. Outra virgem, né? É desfile de escola de samba ou encontro de jogadores de LOL? Enfim, a Tucuruvi, escola que tem o presidente mais fofo do universo - SEU JAMIL <3 - vem meio tristinha depois de amargar a décima colocação em 2016, pior resultado desde aquele sorvete azedo de 2008. Para voltar a figurar na parte de cima da tabela - ou até vencer, porque não? - o maravilhoso Wagner Santos, carnavalesco da escola, teve a super ideia de homenagear os artistas de rua. Uma super sacada, até porque São Paulo nos dias de hoje é uma grande referência para a arte urbana. Com certeza um dos melhores enredos do ano em SP - tentem acreditar que a última frase foi imparcial. Seriedade, por favor!




"Amor com amor se paga. Uma história animal!"
Águia de Ouro





E pra fechar... Outra virgem! PQP A Águia de Ouro vai encerrar o primeiro dia da folia paulistana. A escola vem mordida pelo 8º lugar de 2016 e quer morder todo mundo. Isso porque o enredo da escola é sobre o melhor amigo do homem, o cachorro. Na verdade, o enfoque maior é na proteção aos animais, então vários animais irão dialogar com os cães no desfile. Vai ser uma bicharada ui daquelas. Como a gente não brinca em serviço, conseguimos com exclusividade uma imagem da comissão de frente da Águia de 2017.

Resultado de imagem para porto da pedra 2004


O enredo é de autoria do carnavalesco da agremiação, o talentosíssimo Amarildo de Melo, que continuará assinando o carnaval da escola da Pompéia no próximo ano. O tema já vem dividindo opiniões: enquanto uns detestam, outros adoram a ideia. Bem, é um tanto quanto fofo, mas com a escola sendo a última a desfilar na primeira noite, será que o enredo tem a força necessária pra segurar o povão na arquibancada?

Além da renovação do carnavalesco, Douglinhas continuará sendo o intérprete da Águia de Ouro. Com isso, lançamos a nossa campanha #Cãoglinhas2017 - SÉRIO, A GENTE PRECISA DO DOUGLINHAS VESTIDO DE CACHORRINHO NESSE DESFILE. Deixarei um aperitivo para vocês:




Bem, fico por aqui. Na próxima semana eu falo sobre os enredos do segundo dia de desfiles do carnaval paulistano. Não percam, viu? Beijão, amados!





                   

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário