terça-feira, 27 de setembro de 2016

Quem casa, quer casa! #ManifestoClementiano

Ah, São Clemente... Nasceste na nobreza do samba, mas te criaste na pobreza. Andaste, andaste, e aqui chegaste. E agora, querem te tirar de casa? Pra não fazer o samba sambar, é hora de lutar. 

A quadra de uma escola de samba é a segunda casa de boa parte de uma comunidade que a compõe. É lá que nossa cultura resiste, ano após ano, onde os ensinamentos dos sambistas mais velhos são passados para os mais jovens, nos dando a certeza de que o samba é eterno. É lá batuque ecoa. Ensurdecedor. E foi ali, na Cidade Nova, que encontrou sua casa, né? Casinha esta que é tua - só tua. Mas querem ver-te fora de lá. E assim dança o Brasil... Mas, acredite se quiser, tu e teu povo vão conseguir sair desta, para que naquele lugar possamos ver por mais vezes danças de um povo livre

Já vi este filme. E ó, quem avisa, amigo é: não mexe com sambista não, pois juntos somos uma legião de samba no pé e como já diz a música: Quem não gosta do samba bom sujeito não é!

_____________________________________________


O Carnavalize vem aqui fazer uma singela homenagem e demonstrar todo apoio ao Manifesto Clementiano, ao presidente desta querida agremiação e a toda sua comunidade. Que juntos, os sambistas conquistem mais uma vitória. Vamos à luta! Todos juntos, pois maiores são os poderes do povo!

*Em negrito menções a alguns enredos memoráveis da simpática amarelo e preto da Zona Sul. 
Reações:

Um comentário:

  1. Força, São Clemente! A quadra é sua e você tem direito de ficar! O samba veste preto e amarelo por esta luta!

    Em tempo, escrevi meu manifesto também: http://oblogdocarlosalberto.blogspot.com.br/2016/09/em-geral-todos-nos-vestimos-preto-e.html

    ResponderExcluir