sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

20 coisas que você (provavelmente) não sabia sobre Renato Lage

por Leonardo Antan e Vitor Melo



1 - Renato Rui de Souza Lage nasceu e cresceu no subúrbio carioca, especificamente, no bairro de Madureira. 

2 - Começou a carreira profissional ainda adolescente como office boy na extinta TV Continental.


3 - Com vocação para desenho desde novo, foi na TV que seu talento chamou atenção e ele começou a fazer charges para os jornais da emissora.

4 - O primeiro desfile que Renato lembra de ter visto foi no ano de 1965, do Acadêmicos do Salgueiro, que ganhou aquele ano com "História do Carnaval Carioca". Nascia ali seu amor pela academia.


5 - Renato sempre foi fã de desenhos em quadrinhos, principalmente do cartunista Henfil, ícone brasileiro ligado ao Pasquim.


6 - Foi trabalhando na TVE como ilustrador de programas educacionais que conheceu a mítica figura de Fernando Pamplona, que vendo o talento do garoto o chamou para sua equipe de decoração de rua. 

7 - Sua chegada nas escolas de samba aconteceu para o carnaval de 1977, quando Pamplona o convidou para desenhar as alegorias daquele ano para o enredo "Do Cauim ao Efó, com moça branca, branquinha". Ele permaneceu com o mestre e também fizeram juntos o desfile de 78.


8 - Assinou seu primeiro desfile solo em 1980, na Unidos da Tijuca. Onde assinou três carnavais, na época seus enredos foram assinados com Luiz Lobo e Paulo Sérgio Cardoso. O mais famoso dele foi o de 1981, "Macobeba, o que dá pra rir, dá pra chorar."


9 - Quando a Tijuca estava no acesso, Renato Lage contou com uma equipe luxuosa na escola, ninguém menos que o diretor Laíla e Neguinho da Beija-Flor. O resultado não podia ter sido outro: um título para o Borel.


10 - Laíla e Renato são, inclusive, grandes amigos até hoje, o diretor da escola nilopolitana sonha com Lage na sua escola. Tanto que já realizou o convite duas vezes, no carnaval de 1996 e mais recentemente. 


11 - Lage nunca gostou muito de desenhar figurino, sua maior paixão são mesmo as alegorias. Mas atualmente ele acabou se acostumando a riscar as fantasias. 


12 - Uma das maiores inspirações de Lage é passar um dia no SAARA, importante polo de comércio popular do Rio. É nas lojas que ele imagina várias quinquilharias virando verdadeiras obras de arte, como o famoso Pierrô feio de copinhos.


13 - Ele conheceu Lilian Rabello, sua primeira mulher e parceira, num barracão lá no início da década de 1980. A parceria entre eles durou mais de uma década, ela escrevia os enredos e ele desenhava. 


14 - Lage já desfilou em uma alegoria sua, por puro acidente. Foi em 1986, no desfile "Eu quero" do Império Serrano. O que infelizmente não achamos registros.



15 - O carnavalesco diz que não é muito fã de enredos históricos, sua preferência é por temáticas mais cotidianas e atuais, os chamados enredos "abstratos". 


16 - Além dos enredos históricos, homenagens também não são as temáticas preferidas do artista. Ele conta que só realizou o desfile de 1999 em homenagem ao maestro Villa-Lobos por apelo de Márcia Lage, que é fã do músico.  



17 - Sua maior referência no mundo do carnaval é o trabalho do mestre Arlindo Rodrigues, pelas cores e estética desse artista, que colocou em cena o barroco no desfiles. Saiba mais sobre Arlindo aqui.


18 - Apesar de ter se consagrado nos anos 1990 com uma estética que ficou conhecida como "High-Tech", ele detesta ser limitado por essa denominação. 



19 - Além do Rio, Renato já assinou grandes apresentações no carnaval paulistana. A melhor delas na Império de Casa Verde em 2007, sendo considerado um dos maiores desfiles da história recente da folia paulista. Depois disso, retornou em 2012 para a Império da Zona Norte e mais recentemente este ano (2016) para homenagear a França na Vai Vai.


20 - Em 2001, o penúltimo carnaval seu na Mocidade, o carnavalesco estava com dificuldades em desenvolver o enredo sobre Paz. Quem ajudou a achar o caminho certo foi a carta de um padre. 



+1 - Macobebas, baianas, fetos, globos, meninos no video game, pierrôs, tambores... São tantas alegorias inesquecíveis desse artista que nós até já fizemos uma lista só pra elas, que você confere aqui. Não é à toa que Lage é um dos principais artistas da nossa folia na história e um dos melhores carnavalescos em atividade... Com seu jeito rabugento, esse mestre conquista mais a todos nós a cada ano que passa. 


Reações:

2 comentários:

  1. A LILIAN NÃO FOI A PRIMEIRA MULHER DO RENATO, ELA FOI A SEGUNDA MULHER. O RENATO CONHECEU A PRIMEIRA MULHER QUE É A IVONE MARIA BATISTA FERREIRA LAGE NA URCA ÉPOCA EM QUE ELE TRABALHAVA NA TV TUPI, CASOU -SE COM A IVONE NO DIA 06/12/1972 COM QUEM TEVE 02 FILHOS, ATUALMENTE TEM 02 NETOS FELIPE VITOR COM 08 ANOS E RENATTA LAGE COM 03 ANOS.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia quem quiser pode ver no yuo tub a domestica do suburbio e o carnavalesco renato lage fotos e documentos começo da estoria fatos reais bom dia e muito obrigado

    ResponderExcluir