terça-feira, 17 de janeiro de 2017

QUASE UMA REPÓRTER: Fabricio Pires, primeiro mestre-sala da São Clemente



Olá seguidores do Carnavalize!

Hoje, continuaremos na ponte aérea Anhembi-Sapucaí e Sapucaí-Anhembi e o entrevistado será o primeiro mestre-sala da São Clemente, Fabricio Pires.

Fabricio tem uma grande história no carnaval do Rio de Janeiro, já passou por várias agremiações como Caprichosos de Pilares, Portela, Porto da Pedra e atualmente está na São Clemente ao lado da maravilhosa Denadir.


Nessa entrevista pude saber de onde surgiu o interesse pela arte de mestre-sala e porta-bandeira e um pouco da relação com a sua parceira, Denadir. O que mais gostei foi tirar algumas dúvidas que com certeza, não só eu, mas muitos foliões têm sobre MS&PB. Por exemplo: "Como é montada a coreografia oficial?"; "Quando iniciam os ensaios?"; "O processo de criação da fantasia?". “Segredos” que, muitas das vezes, não são contados e que muitas pessoas são curiosas para descobrir. 

Além disso também entrei num assunto polêmico e que desde o pré-carnaval está dando o que falar: a cabine dupla. Foi muito interessante ouvir a opinião de um mestre-sala e sua visão sobre o tema. 

Durante a entrevista também abordei outros assuntos – não vou ficar contando tudo pra não soltar spoiler, né!? – Que com certeza vocês irão gostar.


Espero que curtam a entrevista, agradeço ao Fabricio Pires pela disponibilidade e por ter sido muito gentil comigo – desejo para você e para Denadir todo sucesso do Mundo – e também agradeço aos leitores que sempre me acompanham.

Um beijo da sua, da nossa Quase Repórter!

Confiram a entrevista na íntegra:








Reações:

0 comentários:

Postar um comentário