segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

QUASE UMA REPÓRTER: Zé Paulo Sierra, intérprete da Viradouro



Olá, seguidores do Carnavalize!

Hoje continuaremos com a ponte aérea Anhembi-Sapucaí e Sapucaí-Anhembi – que eu sei que vocês estão curtindo – e o entrevistado de hoje é o intérprete da Unidos do Viradouro, Zé Paulo Sierra.

Zé Paulo tem uma forte história no carnaval, com passagens por várias agremiações como Caprichosos de Pilares e Mangueira, o intérprete também se destaca como compositor sendo vencedor em várias escolas, inclusive em São Paulo.


Na entrevista pude saber um pouco sobre o início da sua carreira, em que Zé Paulo sofreu muito, sendo chamado várias vezes de “cantor de pagode” em tom depreciativo. Também perguntei sobre o processo de composição de samba-enredo e curiosidades sobre as obras vencedoras na Nenê de Vila Matilde e Unidos de Vila Maria – que para quem não sabe Zé Paulo foi um dos compositores.

Também perguntei algo que com certeza muitas pessoas gostariam de perguntar para os interpretes: o modelo de disputa das eliminatórias dos sambas. A favor ou contra? Mudaria alguma coisa? Foi muito interessante ver a visão e opinião de uma pessoa que está presente nesses concursos. 



Óbvio que teve aquelas perguntas clichês porque sou uma pessoa muito curiosa, como por exemplo os intérpretes favoritos e que serviram de inspiração e também seus sambas-enredos favoritos, tanto de São Paulo como Rio de Janeiro - inclusive fizemos uma playlist com os três sambas citados por ele, que vale a pena escutar, principalmente da Cabeções de Vila Prudente de 1981 que não conhecia até ele indicar e que posso dizer com toda certeza: é um samba maravilhoso.

Confira a playlist: aqui

Espero que curtam a entrevista, agradeço ao Zé Paulo pela disponibilidade e por ter sido muito gentil e simpático comigo – desejo todo sucesso do mundo para você e sou muito sua fã – e também agradeço aos leitores que sempre me acompanham.

Um beijo da sua, da nossa Quase Repórter!


Confira a entrevista na íntegra:



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário