sábado, 25 de fevereiro de 2017

O jubileu do Limão

Mocidade Alegre comemora seu Jubileu de Ouro com um belo desfile (Foto: Chico Ros/SASP)
Segunda escola a pisar no Anhembi, a Mocidade Alegre optou por um enredo exaltando os seus cinquenta anos de idade, completados em 2017. Com a assinatura do badalado Leandro Vieira, o tema da Mocidade foi executado com perfeição na avenida. Com um visual excelente, a Morada se destacou pelo alto nível de suas alegorias e fantasias.
A evolução fluiu sem nenhum incidente, e o samba foi muito bem cantado pela forte comunidade do Limão. Comandado por Alessandro Tiganá, o time de canto da agremiação teve o luxuoso reforço do carioca Ito Melodia, intérprete da União da Ilha do Governador. Juntos, eles formaram uma entrosada dupla. Mestre Sombra, líder da bateria Ritmo Puro, também teve excelente desempenho junto de seus ritmistas.
Depois da arrebatadora apresentação, que certamente emocionou bastante os torcedores da escola, fica a impressão de que o grande problema da Mocidade Alegre é mesmo a sua ingrata posição de desfile, historicamente prejudicial.


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário