terça-feira, 5 de março de 2019

#Carnaval2019 - Nostálgica, Mocidade tem desfile com altos e baixos

Por Redação Carnavalize

Conta-se o tempo para ver o carnaval chegar rápido... e os desejos se invertem com o pedido de que o ele passe devagar para que ele não vá embora com tanta rapidez. "Eu sou o Tempo, Tempo é vida" foi o enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel, última escola a cruzar a Avenida neste carnaval, capitaneada pelo carnavalesco Alexandre Louzada.

Saulo Finelon e Jorge Teixeira, já responsáveis pelo quesito comissão de frente em anos anteriores, comandaram os bailarinos em uma apresentação sem falhas, com truques exitosos, mas que não contou com uma boa concepção e não cumpriu o papel de sintetizar o enredo. A qualidade da comissão, no entanto, não ficou comprometida. Marcinho e Cris, primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, fizeram uma apresentação regular, que não contou nem com problemas nem com momentos de êxtase; a passagem foi apenas correta.
A segunda alegoria da escola apresentou requinte e bom gosto.
Plasticamente, o conjunto alegórico foi irregular, mas carros interessantes se apresentaram. O abre-alas tinha uma concepção que lembrava os antigos carnavais da Mocidade da década de 90, mas contou com problemas de acabamento nas esculturas centrais. As duas alegorias seguintes se destacaram pela beleza e pelo uso de cor e material, mas a terceira alegoria tinha pequenos problemas de finalização. O último carro, que representava os trilhos da vida, destoou do conjunto e teve visíveis problemas de acabamento e forração. As fantasias tinham qualidade mas não contavam bem o enredo, que ironicamente se mostrou linear, mas bem amarrado. O vácuo atingiu a questão da compreensão, já que o entendimento era dificultado sem o guia do desfile.

O último carro da escola trouxe uma locomotiva com o símbolo da escola.
A bateria fez uma ótima apresentação com bom andamento e execução de bossas, e contou com o auxílio da excelente condução de Wander Pires, intérprete da escola. A harmonia não explodiu em nenhum momento mas se manteve regular durante todo o cortejo, e o quesito evolução não ficou comprometido em nenhum momento.

Com altos e baixos do ponto de vista estético, a escola deve se manter no meio da tabela e pode brigar por uma vaga no sábado das campeãs.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário